SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE

PRESSÃO CONTRA A PEC 32

Na próxima quarta-feira, 13, Sintrajufe/RS e entidades sindicais convocam ato em Cachoeira do Sul, base do deputado Marlon Santos (PDT)

Ler conteúdo

O Sintrajufe/RS e entidades sindicais do serviço público e centrais convocam, na próxima quarta-feira, 13, ato público na cidade de Cachoeira do Sul na luta contra a reforma administrativa (PEC 32/2020). O ato ocorre na cidade por ser essa a base eleitoral do deputado Marlon Santos (PDT), um dos parlamentares que ainda não se posicionou sobre a PEC 32, apesar de seu partido, o PDT, já ter se manifestado contra a proposta.

A manifestação em Cachoeira do Sul terá início às 11h, na Praça José Bonifácio.

Será mais uma ação nas bases dos deputados, o que o Sintrajufe/RS e outras entidades que integram a Frente dos Servidores Públicos do Rio Grande do Sul vêm realizando desde julho. Já foram promovidos atos semelhantes nas cidades de Santa Rosa (em frente ao escritório de Osmar Terra, do MDB), Osório (base de Alceu Moreira, do MDB), e Santa Cruz do Sul (base do deputado Marcelo Moraes, do PTB).

Faltam 4 votos na bancada gaúcha

Para derrotar a PEC na bancada gaúcha, faltam apenas quatro votos. Para aprovar na Câmara dos Deputados a reforma administrativa (PEC 32/2020), o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) e Paulo Guedes precisa dos votos de três quintos do total de deputados e deputadas, ou seja, 308. Proporcionalmente, para alcançar três quintos dos votos da bancada do Rio Grande do Sul, o governo precisaria contar com 19 dos 31 parlamentares; ou seja, para derrotar a PEC na bancada gaúcha são necessários 13 votos. Até o momento, 9 deputados e deputadas do Rio Grande do Sul já garantiram voto contra a proposta. Assim, é preciso pressionar por pelo menos mais quatro votos em defesa dos serviços públicos e contra a PEC 32.

Envie mensagens a deputados e deputadas do RS e pressione contra a PEC 32!

Se você não enviou, envie. Se já fez, envie novamente. A luta contra a PEC 32/2020 precisa ser intensificada, pois a proposta pode ser votada no plenário da Câmara em outubro. Para aprovação, o governo precisa de 308 votos (três quintos) e vai fazer de tudo para conseguir.

O futuro dos serviços públicos e os direitos da população e dos servidores e servidoras está ameaçado pela reforma administrativa (PEC 32/2020) de Guedes e Bolsonaro. Por isso, vamos aumentar a mobilização. A pressão sobre deputados e deputadas tem que ser total. Mande mensagens por WhatsApp e e-mail, comente nas redes sociais deles. Com nossa mobilização, podemos derrotar essa proposta.

Já enviaram ao Sintrajufe/RS mensagens no mesmo sentido as deputadas Fernanda Melchionna (Psol) e Maria do Rosário (PT) e os deputados Bohn Gass (PT), Henrique Fontana (PT), Heitor Schuch (PSB), Marcon (PT), Paulo Pimenta (PT) e Pompeo de Mattos (PDT). O PSB também já manifestou posição contra a proposta, assim como o deputado Afonso Motta (PDT).

No PDT, os deputados Afonso Motta e Pompeo de Mattos já se posicionaram contra, agora falta cobrar dos demais o voto contrário à PEC 32, da reforma administrativa.

Veja abaixo os contatos dos deputados do Novo, do PDT e do PL:

Novo – Partido Novo

Já votou contra os serviços públicos e a favor da PEC 32 na Comissão Especial da Câmara.

MARCEL VAN HATTEM (Novo)
E-mail: dep.marcelvanhattem@camara.leg.br
Twitter: https://twitter.com/marcelvanhattem
Instagram: https://www.instagram.com/marcelvanhattem/
Facebook: https://www.facebook.com/marcelvh/

PDT – Partido Democrático Trabalhista

PL – Partido Liberal

Já votou contra os serviços públicos e a favor da PEC 32 na CCJ e na Comissão Especial da Câmara.

GIOVANI CHERINI (PL)
E-mail: dep.giovanicherini@camara.leg.br
Facebook: https://www.facebook.com/deputadogiovanicherini/
Instagram: https://www.instagram.com/deputadogiovanicherini/
Twitter: https://twitter.com/giovanicherini

Veja AQUI a lista completa e os contatos dos parlamentares gaúchos.

FALE CONOSCO

Font Resize
Contraste