SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE

REFORMA ADMINISTRATIVA

PSB fecha posição nacional contra a PEC 32; em Brasília, Sintrajufe/RS vai buscar confirmar votos dos deputados do RS, Heitor Schuch e Liziane Bayer

Ler conteúdo

Em reunião na tarde dessa terça-feira, 14, o PSB decidiu fechar posição nacional contra a reforma administrativa (PEC 32/2020). A decisão é mais uma dificuldade enfrentada pelo governo de Jair Bolsonaro (sem partido) para aprovar o desmonte dos serviços públicos contido na reforma.

A reunião, coordenada virtualmente pelo presidente do partido, Carlos Siqueira, ouviu os e as integrantes da banca do PSB para definir a posição. Conforme matéria publicada no site do próprio PSB, entre as principais preocupações está “a possibilidade de o Estado firmar contratos de cooperação com entidades privadas para a execução de serviços públicos, inclusive com a utilização compartilhada de estruturas físicas e o emprego de recursos humanos privados”, o problema das organizações sociais já denunciado pelo Sintrajufe/RS.

O PSB possui os líderes da Oposição e da Minoria na Câmara dos Deputados, Alessandro Molon (RJ) e Marcelo Freixo (RJ), respectivamente. Ao site do PSB, Molon criticou duramente a PEC: “Querem enfiar pela goela dos brasileiros essa ideia de que tudo que se precisa é a redução do Estado, cortar gastos, tratar o servidor como eterno culpado de todos os problemas brasileiros. A reforma administrativa é a suposta solução para todos os males do país. Não é um bom caminho. Basta olhar para os outros países, inclusive aqueles que se quer copiar, para desmontar a falácia dessa agenda”, disse. Em suas redes sociais, Freixo destacou que a reforma é uma farsa: “Ela não combate privilégios porque não vai valer para a cúpula do serviço público, como desembargadores, juízes e procuradores, e ainda prioriza indicações políticas em detrimento do concurso. A proposta vai piorar a qualidade do serviço público”.

Sintrajufe/RS vai buscar confirmar votos dos parlamentares do RS

Em Brasília para pressionar contra a reforma e acompanhar as movimentações do Congresso nesta semana, a delegação enviada pelo Sintrajufe/RS vai procurar os dois parlamentares do PSB no Rio Grande do Sul, Heitor Schuch e Liziane Bayer. O objetivo é confirmar o voto de Schuch e Bayer contra a reforma e a favor dos serviços públicos.

ATUALIZAÇÃO (14h40min, 15/09)

Após a publicação desta matéria, o Sintrajufe/RS recebeu vídeo da Frente dos Servidores do RS no qual o deputado Heitor Schuch (PSB) manifesta posição contrária à PEC. Veja abaixo:

Pressão nas redes sociais

Ao mesmo tempo em que se constrói a luta nas ruas, é importante reforçar a pressão nas redes sociais. Por isso, o Sintrajufe/RS divulga abaixo os contatos dos deputados do Rio Grande do Sul que fazem parte da comissão especial. São três deputados titulares e dois suplentes, sendo que um dos suplentes, Paulo Pimenta (PT), já enviou manifestação ao Sintrajufe/RS garantindo o voto contra a reforma. Além de Pimenta, já enviaram ao Sintrajufe/RS mensagens no mesmo sentido as deputadas Fernanda Melchionna (Psol) e Maria do Rosário (PT) e os deputados Bohn Gass (PT), Henrique Fontana (PT), Marcon (PT) e Pompeo de Mattos (PDT). Abaixo, veja os contatos e envie mensagens aos deputados lembrando: deputado que vota contra os serviços públicos não volta!




FALE CONOSCO

Font Resize
Contraste