SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE

JORNADA DE FORMAÇÃO

Jornada de formação: no dia 2 de junho, Sintrajufe/RS realiza painel “Desejar, falar, trabalhar – confrontar as armadilhas do controle e da subalternidade no trabalho”

Ler conteúdo

Na próxima quarta-feira, 2, às 18h30min, o Sintrajufe/RS promove o quinto e último painel da jornada de formação “A saúde dos trabalhadores e das trabalhadoras ameaçada: trabalhar sim, adoecer não”. A atividade da semana terá o painel “Desejar, falar, trabalhar – confrontar as armadilhas do controle e da subalternidade no trabalho”. A painelista será a professora e psicóloga Ana Magnólia Mendes.

A painelista

Ana Magnólia Mendes é professora do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações da Universidade de Brasília (UnB). Ela é coordenadora do Núcleo Trabalho, Psicanálise e Crítica Social na UnB e líder do Grupo de Pesquisa no CNPq, além de coordenadora do Projeto “Espaço Aberto ao Trabalhador: Clínica Psicanalítica do Trabalho”, realizado com trabalhadores em sofrimento e adoecimento pelo trabalho. Ana Magnólia Mendes tem pós-doutorado em Psicopatologia Clínica e doutorado em Psicologia. Ela é membro associado permanente no Centre de Recherche sur le Travail et le Développement (CRTD), na equipe de Psychosociologie du Travail et de la Formation do Conservatoire National des Arts et Métiers (CNAM, Paris). Também é membro do Grupo de Pesquisa Trabalho, Constituição e Cidadania da Faculdade de Direito da UnB e fundadora da La Pause: Escola de Psicanálise e Trabalho.

Sobre a jornada

A jornada de formação “A saúde dos trabalhadores e das trabalhadoras ameaçada: trabalhar sim, adoecer não” é constituída por seis encontros. Cada evento foi organizado de modo que saúde e relações de trabalho sejam pensadas de maneira ampla, com a compreensão da realidade do trabalho no contexto em que estamos inseridos, em especial, servidores e servidoras do Judiciário Federal e do MPU. A programação pode ser conferida AQUI.

A jornada teve início no dia 29 de abril, com o painel “Prevenindo e enfrentando o assédio moral e sexual no trabalho”, com a presença da médica e professora Margarida Barreto. O segundo encontro ocorreu no dia 6 de maio, com o cientista político e professor Henrique Carlos de Oliveira de Castro falando sobre “Formação do Estado brasileiro: as origens da subalternidade”. No terceiro encontro, no dia 13 de maio, o painelista foi o advogado e professor Lênio Streck, com o tema “Quem é o Poder Judiciário brasileiro – qual Judiciário queremos?”. No dia 20 de maio, o quarto encontro teve como tema “Trabalho, trabalho remoto, pandemia – Apresentação dos dados pesquisas Fiocruz e Sintrajufe/RS”, com os painelistas Geraldo Azevedo, médico do trabalho e assessor de saúde do Sintrajufe/RS, e Maria Juliana Moura Corrêa, pesquisadora da Fiocruz. O mais recente encontro, no dia 27 de maio, teve como tema “Trabalhar sim, adoecer não”; os painelistas foram o médico do trabalho Álvaro Merlo, professor na Faculdade de Medicina da Ufrgs; e a psicóloga do trabalho Fernanda Duarte, pesquisadora no Laboratório de Psicodinâmica e Clínica do Trabalho da Universidade de Brasília.

A jornada conta com a parceria de diversos sindicatos e instituições na divulgação e na retransmissão. Todos os encontros são abertos ao público, que pode acompanhar as palestras pelo canal no Youtube e na página do Facebook do Sintrajufe/RS e das entidades parceiras.

Haverá emissão de certificado de participação para interessados e interessadas. O formulário é disponibilizado aos e às participantes durante a transmissão, no início e no fim de cada evento.

FALE CONOSCO

Font Resize
Contraste