SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE E CUT

DESTAQUE

Sintrajufe/RS retransmite palestras online do TRT4 na Semana de Combate ao Assédio Moral, dias 12 e 15 de maio

De 11 a 15 de maio, ocorre a Semana de Combate ao Assédio Moral da Justiça do Trabalho. Nos dias 12 e 15, o Sintrajufe/RS retransmitirá, pela página no Facebook, duas atividades online promovidas pelo Comitê de Combate ao Assédio Moral e pela Escola Judicial do TRT4.

Na terça-feira, 12, í s 17h, ocorre a palestra Assédio moral e sexual no trabalho: práticas de gestão que favorecem essa violência , ministrada pelo professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Roberto Heloani. Ele tem experiência em diferentes áreas, todas elas com foco no Trabalho (psicologia, psicodinâmica, ética, saúde, assédio moral e sexual). Na palestra, Helonai buscará capacitar os participantes para identificação, prevenção e combate de práticas que podem dar iní­cio ao assédio, inclusive dentro do Judiciário.

Na sexta-feira, 15, í s 11h, a palestra Como prevenir assédio moral e sexual? Conhecendo boas práticas de gestão será realizada pela professora Ana Magnólia Bezerra Mendes, do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações da Universidade de Brasí­lia (UnB). Serão abordadas práticas de gestão que contribuem com o sofrimento e adoecimento fí­sico e mental no ambiente de trabalho, assim como boas práticas que atuam na melhora da saúde fí­sica e mental de servidores e diminuem incidência de assédio moral e sexual no trabalho.

Heloani e Ana Magnólia estarão presentes a convite do Sintrajufe/RS e não cobrarão pela participação. Os dois eventos são abertos e dispensam inscrição prévia. As atividades contam como adicional de qualificação (AQ) para a Justiça do Trabalho. O sindicato está gestionando junto í s justiças Federal e Eleitoral e ao MPU que também retransmitam as palestras e que, da mesma forma, contem para AQ.

Não há limite de participantes e, após o encerramento da transmissão ao vivo, a gravação permanecerá disponí­vel no canal da Escola Judicial.

Editado por Sintrajufe/RS; fonte: TRT4.