SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE

APAGÃO DO JUDICIÁRIO

Caravana do Sintrajufe/RS em Brasília participa de ato em frente ao Ministério da Economia por reposição salarial

Ler conteúdo

Na tarde desta terça-feira, 2, como parte das mobilizações desta semana, a caravana do Sintrajufe/RS em Brasília participou de ato público em frente ao Ministério da Economia. A manifestação, com participação de várias categorias, exigiu reposição salarial e denunciou a política de congelamento salarial de Jair Bolsonaro (PL). Servidores e servidores do Judiciário Federal destacaram que essa política vem sendo corroborada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux.

Além de um boneco de “Bolsonaro Mãos de Tesoura”, os servidores e as servidoras levaram cartazes e faixas para reforçar a luta da campanha salarial neste que foi o primeiro dia do “Apagão do Judiciário” convocado pela Fenajufe, com a presença de representações de vários estados. A mobilização em Brasília segue na quarta-feira, 3, para quando está prevista manifestação em frente ao STF.

Também foi feita uma denúncia da demissão de uma colega oficiala de justiça e diretora do Sintrajud/SP, pelo TRF3. Na semana passada, Fenajufe, Fonasefe, Sintrajufe/RS e outros sindicatos lançaram notas de repúdio contra a medida.

Integrantes da caravana avaliam atividade em Brasília

A colega Cristina Lemos, da Justiça Federal de Porto Alegre e eleita para a próxima gestão frente à direção do Sintrajufe/RS, está na capital federal. Ela desataca que o ato de hoje foi um aquecimento para as mobilizações desta quarta-feira, 3. O movimento “deve crescer para atingirmos mais essa vitória na luta do Judiciário e do Ministério Público da União”, afirma. Além disso, explica Cristina, a luta dos servidores e das servidoras também é para “trancar os cortes que estão na agenda do governo federal e prometem levar a educação para um novo ano de sucateamento, sem os investimentos necessários para seu funcionamento”.

Para o colega aposentado Orildo Longhi, a atividade foi importante, em mais uma pressão pela reposição salarial. Ele lembrou que a categoria não tem reajuste desde o último PCS, cujos valores foram integralizados em 2019. “Esse foi mais um importante ato na luta por reajuste salarial emergencial, neste importante dia de Apagão do Judiciário”, avalia o diretor do Sintrajufe/RS Sergio Amorim, de Brasília. “Continuaremos firmes nessa luta para garantir a inclusão de nossa pauta no orçamento da união e pelo envio, pelo STF de projeto de reajuste salarial.”

“A mobilização foi muito boa, positiva com a participação de colegas de vários sindicatos de diversos estados, em caravanas para a luta pela reposição salarial e contra o reajuste zero do Bolsonaro. A grande expectativa é a realização do ato no STF para conseguir arrancar o encaminhamento de projeto de lei para o nosso reajuste com a reposição da inflação”, avalia o colega aposentado Valdir Laini. Para ele, o tamanho do índice também depende da mobilização nos estados: “quanto maior a adesão da categoria para fazermos pressão no STF e no governo, maiores as nossas chances de conquistarmos um índice que reponha as nossas perdas salariais”.

Nesta quarta-feira, Sintrajufe/RS convoca para paralisação e ato público

O Apagão do Judiciário no Rio Grande do Sul começou, nesta terça-feira, com passagens nos setores de trabalho e panfletagem, para esquentar a categoria para as mobilizações de quarta, dia de paralisação de 24 horas, conforme aprovado em assembleia geral estadual.

Na quarta-feira, 3, as atividades começam com concentração nos prédios: a partir das 8h30min, nas varas trabalhistas; a partir das 11h, na Justiça Federal. A principal atividade do dia será o ato público, às 15h, na Central de Atendimento ao Eleitor (Rua 7 de Setembro, 730).


No interior do estado, o Sintrajufe/RS orienta os e as colegas a que imprimam o panfleto abaixo, repassem as informações aos demais e enviem ao Sintrajufe/RS, pelo e-mail imprensa@sintrajufe.org.br, fotos com os cartazes e das paralisações nas cidades.


panfleto-2

Para baixar o panfleto, clique AQUI.


cartaz_fux


Para baixar o cartaz, clique AQUI.

faixa-2-e-3


Para baixar a faixa, clique AQUI