SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE E CUT

DESTAQUE

Plenária Nacional do Fonasefe reforça mobilização contra a reforma administrativa e as privatizações

No sábado, 24, ocorreu a Plenária Nacional do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais, (Fonasefe). Com cerca de 400 participantes, entre eles diretores e diretoras do Sintrajufe/RS, a plenária teve como objetivo reforçar a luta dos servidores públicos contra o governo Bolsonaro, que pretende seguir com o propósito de acabar com os serviços públicos.

O evento foi dividido por blocos. No primeiro, os representantes das centrais sindicais (CUT, CTB, CSP Conlutas e Intersindical) se manifestaram, defendendo a unidade contra a reforma administrativa e a necessidade de se construir uma forte mobilização para barrar essa proposta, com o engajamento de todos os servidores e servidoras. Também falou no primeiro bloco o Fórum pelo Direito de Liberdade.

A plenária reafirmou o engajamento de todo o funcionalismo nas mobilizações programadas para o Dia do Servidor e da Servidora, 28 de outubro, transformando a data num dia de luta e resistência. Além disso, o evento indicou a criação e o fortalecimento de fóruns nos estados em defesa do serviço público e contra a PEC 32/2020, de reforma administrativa.

A plenária aprovou o Manifesto pela soberania , elaborado pelo Comitê das estatais e a Declaração da Plenária Nacional das Três Esferas do Serviço Público e Estatais.

Atividades nos estados no dia 28:

RSAto público às 14h, em Porto Alegre, em frente à prefeitura. Coletiva de imprensa pela manhã. A Frente em Defesa do Serviço Público colocará 200 outdoors nas ruas. Haverá panfletagem nas ruas estratégicas e em frente à prefeitura. O Sintrajufe/RS mantém uma campanha nas de televisão, rádio e nas redes sociais de informações, mostrando os efeitos nefastos da reforma, se aprovada.

AcreAto dia 26 Em defesa da Vida e mobilização no dia 28.

DFAtividades na Esplanada a partir das 9h, com carro de som e em frente à Câmara Legislativa, contra privatização da Companhia de Energia do DF (CEB); às 18h, ato virtual coletivo. Eventos culturais com a TV Comunitária e o canal 12 (NET).

ESPetição online e participação em live.

GOCarreata na Avenida Anhanguera, em Goiânia, com encerramento na Câmara Legislativa pela manhã. À tarde, o Fórum Goiano contra a Reforma Administrativa participa de live com o Dieese.

MASindsep/MA realiza live das 16h às 18h, explicando os danos da reforma.

MGFrente Mineira em Defesa do Serviço Público distribuirá manifesto próprio assinado por 92 entidades, carta aos parlamentares e fará webinários. Está sendo criada uma cartilha para esclarecimentos à população. Distribuição de álcool em gel e máscaras para a população na Praça da Sé, de 11h às 13h.

MT Ato na Câmara Legislativa a partir das 14:30. Carreata em Várzea Grande

PAFórum paraense participa de ato conjunto com servidores e servidoras das três esferas nas mobilizações no estado contra a reforma.

PBNo dia 28, serão promovidas várias atividades a partir das 9h.

PEFórum da Frente sem Medo, em união com as centrais. Panfletagem a partir das 6h, na Avenida Guararapes, em frente aos Correios. Campanhas nas redes sociais, rádio e nos espaços de comunicação.

PRRealização de atos virtuais nos dias 26, 27 e 28, culminando com Twitaço às 17h no dia 28.

RJDesenvolvendo atividades desde o mês passado, com campanha a longo prazo. Mobilização virtual e campanha de mí­dia.

RNCarreata pelas ruas de Natal e campanhas nas redes sociais.

RRPanfletagem e campanha virtual.

SCAto presencial às 10 horas da manhã, em Florianópolis e em Chapecó, mais campanha de mí­dia.

SPAto hí­brido (presencial e virtual): presencial na Praça da Sé, às 16h, com caminhão de som. Às 13h30min, ato da CUT na Praça do Patriarca e panfletagem nas estações do metrô; 14h, ato contra o marco regulatório indí­gena em frente ao TRF3. Mobilização também na baixada e em Cubatão.

TOAto conjunto com sindicatos locais e outras entidades.

Editado por Sintrajufe/RS; fonte: Fenajufe