SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE

“ESTAMOS ACAMPADOS”

Alagamentos, mau cheiro, vazamentos de água e esgoto: o dia a dia em zonas eleitorais de Porto Alegre

Na tarde desta quinta-feira, 25, o Sintrajufe/RS esteve na Central de Atendimento ao Eleitor (CAE), na rua 7 de Setembro, em Porto Alegre. O forte mau cheiro denunciava o vazamento de esgoto em zonas eleitorais que funcionam no local. Os relatos mostram que o caso não foi exceção, mas que alagamentos e vazamentos, tanto de água quanto de esgoto, são recorrentes no prédio.

No segundo andar, servidores e servidoras perceberam um amplo vazamento de um líquido escuro nas dependências de uma das zonas eleitorais. O mau cheiro não deixou dúvidas de que se tratava de esgoto. Quanto o sindicato chegou ao local, era forte o cheiro de esgoto misturado com produtos de limpeza. Em um dos corredores, escadas, baldes e o forro aberto impediam a passagem.


O sindicato foi informado de que, no sábado, 20, houve um problema na rede de esgoto, com um vazamento ainda maior que espalhou dejetos pelos corredores. Uma equipe de empresa de limpeza terceirizada foi enviada ao local; os relatos são de que o cheiro era quase insuportável. Foi assegurado que estava resolvido, mas o novo vazamento na tarde de hoje mostra que não.

Em todo o segundo andar da CAE, já houve problemas. Alguns deles: desabamento de parte do forro sobre servidor, vazamento em banheiros; vazamento de água nos cartórios, o que obriga a retirada às pressas de equipamentos, como computadores; deslocamento devido à impossibilidade de trabalhar no local por alagamentos e mau cheiro. Também é comum que, sem aviso prévio, a água seja desligada, o que impede o uso dos banheiros.

Os frequentes vazamentos de esgoto são ainda piores de suportar porque há salas sem janelas, sem ventilação direta. Colegas dizem que não raramente ouvem o barulho da água caindo dos canos do sistema anti-incêndio. “Estamos acampados”, afirmou um servidor.

O prédio da CAE foi inaugurado em maio de 2021, ainda em obras, ao final da gestão do desembargador André Villarinho. Com o retorno ao trabalho presencial, servidores e servidoras que trabalhavam no prédio da av. Padre Cacique foram deslocados para o novo local, que ainda está em obras.

O Sintrajufe/RS entrará em contato com a administração cobrando providências urgentes para adequação do local de trabalho e para a preservação da saúde de servidores e servidoras e de todas as pessoas que acessam diariamente o local.