SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE E CUT

CONCURSOS PÚBLICOS

Petrobras e Banco do Brasil, há pouco ameaçados de privatização, terão concursos públicos em 2023

Ameaçadas de privatização durante o governo de Jair Bolsonaro (PL), duas empresas brasileiras centrais para a soberania do país seguem estatais e, agora, têm concursos públicos abertos. A Petrobras e o Banco do Brasil lançaram editais que totalizam mais de 7 mil vagas, entre efetivas e para cadastro de reserva.

Tanto o Banco do Brasil quanto a Petrobras estiveram ameaçados de privatização durante o último governo. Agora, com Lula (PT), a expectativa é de retomada do fortalecimento dos serviços públicos e de defesa dessas e de outras estatais. Em 2021, durante reunião ministerial, o então ministro da Economia, Paulo Guedes, foi claro: tem que “vender logo a p* do BB”, disse Guedes. Pouco mais de um ano depois, em maio de 2022, ao tomar posse, o então ministro das Minas e Energia, Adolfo Sachsida, anunciou que seu primeiro ato como ministro seria solicitar “o início dos estudos tendentes à proposição das alterações legislativas necessárias à desestatização da Petrobras”. Felizmente, não conseguiu fazê-lo a tempo.

Lula critica privatização da Eletrobras: “quase uma bandidagem”

Nessa terça-feira, 7, uma privatização que acabou se efetivando no governo Bolsonaro foi duramente criticada pelo presidente Lula. Trata-se do caso da Eletrobras, vendida via Medida Provisória por Bolsonaro em 2021. A privatização teve como principais beneficiários os bilionários da 3G Capital que controlam a Americanas: Jorge Paulo Lemann, Beto Sucupira e Marcel Telles. O processo, concluído em julho do ano passado, resultou em perdas para os cofres públicos de pelo menos R$ 63 bilhões, de acordo com relatório do Tribunal de Contas da União (TCU).

Para Lula, os termos da privatização da Eletrobras são “leoninos” contra o governo porque impedem que a União volte a ter controle acionário da empresa: “Foi feito quase que uma bandidagem para que o governo não volte a adquirir maioria na Eletrobras. Nós, inclusive, possivelmente o advogado-geral da União vai entrar na Justiça para que a gente possa rever esse contrato leonino contra o governo”, disse Lula. E completou: “Tanto na participação acionária nós queremos ter mais gente na direção, mais gente no conselho, quanto esse negócio de que você não pode comprar porque você vai pagar três vezes mais caro”.


Banco do Brasil

As inscrições para o concurso do Banco do Brasil já estão abertas e seguem disponíveis até o dia 24 de fevereiro. São 6 mil vagas para escriturário, cargo de nível médio com remuneração inicial de R$ 3.622,23, mais benefícios. A banca tem como responsável a Fundação Cesgranrio, e a taxa de inscrição custa R$ 50. No momento da inscrição, o candidato deverá escolher a UF/Macrorregião/Microrregião e a respectiva cidade de realização das provas.

O cargo de escriturário é dividido em nomenclaturas específicas, sendo que o edital divide as 6 mil vagas da seguinte forma: Agente Comercial: 2000 vagas imediatas + 1000 vagas para cadastro de reserva; Agente de Tecnologia: 2000 vagas imediatas + 1000 vagas para cadastro de reserva.

Veja AQUI o edital completo.

Petrobras

Já o concurso da Petrobras teve o edital divulgado nessa quarta-feira, 8. As inscrições serão abertas às 10h do dia 15 de fevereiro e seguem até as 18h do dia 17 de março, no site do Cebraspe, AQUI.

São 1119 vagas de nível médio técnico, sendo 373 para início imediato e 746 para a formação de um cadastro de reserva. Essas vagas são distribuídas por onze diferentes áreas de atuação: Enfermagem do Trabalho (cinco imediatas e dez no cadastro reserva); Inspeção de Equipamentos e Instalações (11 imediatas e 22 no cadastro reserva); Logística de Transportes – Controle (seis imediatas e 12 no cadastro reserva); Manutenção – Elétrica (41 imediatas e 82 no cadastro reserva); Manutenção – Instrumentação (55 imediatas e 110 no cadastro reserva); Manutenção – Mecânica (66 imediatas e 132 no cadastro reserva); 7- Operação (114 imediatas e 228 no cadastro reserva); Projetos, Construção e Montagem – Elétrica (quatro imediatas e oito no cadastro reserva); Projetos, Construção e Montagem – Mecânica (cinco imediatas e dez no cadastro reserva); Segurança do Trabalho (36 imediatas e 72 no cadastro reserva); e Suprimento de Bens e Serviços – Administração (seis imediatas e 12 no cadastro reserva). Conforme o edital, o salário básico será de R$ 3.294,36, com garantia de remuneração mínima de R$ 5.563,90. Os aprovados serão alocados em qualquer estado em que a Petrobras atue, a critério da estatal. A contratação será feita conforme a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

Veja AQUI o edital completo.