SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE E CUT

REPOSIÇÃO URGENTE

Gasolina bate R$ 10 no Brasil; Assembleia do Sintrajufe/RS reafirma luta por reposição, com ato e paralisação na próxima quarta, 16 de março

Nessa quinta-feira, 10, assembleia geral do Sintrajufe/RS aprovou o calendário de mobilização unificado dos servidores públicos por reposição salarial, com paralisação dia 16. Nesse dia, em Porto Alegre, a categoria participará de ato unificado, em frente ao Banco Central (Av. Alberto Bins, 348) e atividades no interior. O sindicato abrirá inscrições para delegação a Brasí­lia, onde, também no dia 16, ocorrerá o ato nacional das três esferas.

O aumento de 18,8% no preço da gasolina já fez passar de R$ 10,00 o litro em algumas localidades brasileiras. A disparada de preços aprovada pelo governo Bolsonaro impacta diretamente no custo de vida e reduz ainda mais o poder de compra da categoria e da população em geral. Segundo o Dieese, a inflação dos últimos 12 meses em Porto Alegre chega a 10,8%, puxada pela alta nos valores de energia elétrica, gás de cozinha, de plano de saúde, refeições fora de casa e cesta básica.

Em janeiro, servidores e servidoras federais entregaram uma pauta de reivindicações unificada ao governo, com pedido de reajuste emergencial de 19,99%, referentes í  inflação acumulada no governo Bolsonaro. Até o momento, não houve resposta. Ante essas perdas, e com a previsão de aumento inflacionário, a categoria entende que não dá mais para esperar e aprovou o calendário de mobilização, com várias atividades até iní­cio de abril.

Mobilização presencial e virtual

O Sintrajufe/RS convoca a categoria a se unir nas atividades de mobilização do dia 16. Em Porto Alegre, no ato unificado. No interior, os e as colegas devem se unir a atividades das entidades em suas cidades e colocar faixas da campanha de reposição salarial nos locais de trabalho (o sindicato fará o ressarcimento, mediante envio da nota fiscal para [email protected]). Tire fotos de sua participação e mande para o sindicato.

Em todo o estado (e mesmo fora), a categoria também pode aumentar o volume da mobilização por meio de participação virtual. Basta imprimir o cartaz da campanha, tirar uma foto e mandar para o sindicato, para o do e-mail [email protected]. As fotos serão publicadas em murais virtuais no site e nas redes sociais.

Baixe aqui o modelo de faixa, ou clique aqui.

faixa_ato_23_fevereiro-3-por-80-site

Baixe aqui o cartaz da campanha salarial, ou clique aqui.

pirulito_1999_cartaz-1

Confira o calendário de mobilização do Sintrajufe/RS e da Frente dos Servidores Públicos

16 de março (Capital), 10h “ Ato público unificado em Porto Alegre, em frente ao Banco Central (Av. Alberto Bins, 348, Centro), seguido de caminhada até o Palácio Piratini

16 de março (DF), 9h “ Concentração para ato público nacional unificado, em Brasí­lia (Sintrajufe/RS enviará delegação)

22 de março “ Ato público estadual unificado, em frente ao Palácio Piratini, em apoio í  luta por reposição salarial do funcionalismo estadual e ao ato da área de segurança pública

1º de abril, 10h “ ato unificado, com saí­da do Instituto de Educação (Av. Osvaldo Aranha, 527), por ocasião da participação de delegados ao Congresso Nacional do Andes em Porto Alegre

Assembleia também aprova adiamento do Congresso Estadual do Sintrajufe/RS

A assembleia geral dessa quinta-feira também aprovou proposta da direção de adiamento do próximo Congresso Estadual do Sintrajufe/RS, que deveria ocorrer antes do próximo Congresso da Fenajufe, previsto para o final de abril. Como explicou a direção, em função das atuais medidas restritivas necessárias quanto í  pandemia, um grande contingente de colegas permanece em trabalho remoto, e isso dificultaria a participação da categoria, uma vez que os delegados e as delegadas são eleitos nos setores de trabalho. Conforme foi aprovado na assembleia, o Congresso será realizado até o final deste ano.

Justiça do Trabalho e Justiça Federal sob ataque

Ao final da assembleia, a direção do sindicato deu relatos sobre situações que colocam sob ataque a Justiça do Trabalho e a Justiça Federal.

Na JT, há ameaça de fechamento de varas trabalhistas em nove cidades “ Alegrete, Arroio Grande, Encantado, Lagoa Vermelha, Santa Vitória do Palmar, Santana do Livramento, Santiago, São Gabriel e Rosário do Sul “, pois se incluem no critério para extinção de varas trabalhistas, segundo a resolução 296/2021, do Conselho Nacional da Justiça do Trabalho (CSJT). Em todo o paí­s, há 69 varas trabalhistas nessa situação. O Sintrajufe/RS já manifestou junto ao TRT4 sua posição contrária í  medida e lançará, em breve campanha de mí­dia a ser divulgada nas regiões atingidas. No dia 17, í s 18h, o sindicato realiza reunião setorial com colegas da Justiça do Trabalho dessas varas trabalhistas.

Na Federal, a implantação da lei 14.253/2021, que transforma 14 cargos de juiz federal substituto em 12 cargos de desembargadores pode trazer prejuí­zos financeiros e ainda mais sobrecarga de trabalho. Isso porque a lei foi aprovada e sancionada sem previsão de cargos de servidores, funções ou cargos comissionados. Sintrajufe/RS, Sinjuspar/PR e Sintrajusc/SC protocolaram ofí­cio junto ao TRF4 no qual solicitam que a implantação seja gradual, a fim de permitir tempo para que o tribunal tome outras medidas, como buscar provimento dos atuais cargos vagos e formulação de projeto de lei para criar a estrutura de cargos efetivos.