SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE E CUT

DIVERSIDADE

Atividades referentes ao Dia da Visibilidade Lésbica reúnem Sintrajufe/RS e outras entidades em Porto Alegre

Na segunda-feira, 29, foi celebrado o Dia da Visibilidade Lésbica. Para marcar e reforçar a pauta, na última sexta-feira, 26, o Sintrajufe/RS e outras entidades realizaram a Jornada Lésbica Feminista Antirracista, com atividades no Largo Glênio Peres e na Travessa dos Venezianos, em Porto Alegre.

Primeiro, no meio da tarde, foi realizada a SapatadaO Bonde Tá Forte Nóis Veio Cobrar , no Largo Glênio Peres. À noite, as ativistas seguiram para a Travessa dos Venezianos, onde aconteceu a Ocupa Sapatão . O Sintrajufe/RS participou da organização a partir do Núcleo de Diversidade Sexual (Nuds), em parceria com diversas entidades sindicais, coletivos e movimentos.

A diretora do Sintrajufe/RS Ana Naiara Malavolta, que também integra a rede LesBi Brasil e a Marcha Mundial das Mulheres, explicou, durante a atividade da tarde, o propósito e o sentido das manifestações: A gente está na rua e a gente sabe quem é responsável por tudo o que a nossa população viveu, a gente sabe quem é responsável pelos mais de 600 mil mortos no Brasil, a gente sabe quem é responsável pela fome, pela carestia, pela reforma da Previdência que tirou direitos da classe trabalhadora, pela reforma administrativaque não passou, mas que está lá na agulha. Nossa luta é pela diversidade sexual, mas também é para que o Brasil volte para o rumo certo .


As organizadoras da Jornada destacam, nos materiais de divulgação, os sofrimentos agravados pelo contexto da pandemia, como aumento da pobreza, precarização dos empregos, falta de creches e estruturas de apoio às mulheres trabalhadoras, além de toda a morte e doenças nas nossas famí­lias, entre nossos amigos e amigas e em nossas comunidades . E denunciam: Como Lésbicas, assim como aconteceu com as mulheres pretas e pobres, a precariedade foi mais forte entre nós. E, infelizmente, muitas ficaram pelo caminho .

O Dia da Visibilidade Lésbica foi criado em 1996 no 1º Seminário Nacional de Lésbicas para combater a lesbofobia e a misoginia.