SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE E CUT

DESTAQUE

A pandemia vai passar, mas não o trabalho remoto: participe da pesquisa do Sintrajufe/RS

A pandemia do novo coronaví­rus mudou a forma de trabalho em vários setores e, no Judiciário Federal e no Ministério Público da União, o trabalho remoto é uma realidade. Mesmo com vários órgãos acenando uma retomada í s atividades presenciais, o certo é que uma parte significativa de servidores e servidoras se manterá na nova modalidade. Para melhor compreender a experiência de trabalho remoto, está disponí­vel o questionário da pesquisa Trabalho Remoto na Pandemia, do Sintrajufe/RS. Basta acessar o link, para fazer inscrição. O questionário será enviado para o e-mail indicado. A pesquisa é aberta a toda a categoria ativa, abrangendo tanto sindicalizados e sindicalizadas quanto quem não está filiado no momento.

O questionário é resultado de atendimentos individuais e reuniões virtuais com grupos de servidoras e servidores do Judiciário Federal e MPU feitos pela assessoria de saúde do sindicato. Assim como nas pesquisas anteriores realizadas pelo Sintrajufe/RS, todos os dados individuais serão mantidos em absoluto sigilo. Os questionários respondidos serão de acesso exclusivo do pessoal técnico envolvido, sob responsabilidade da assessoria de saúde, composta pelas médicas Ana Achutti e Virgí­nia Dapper e pelos médicos Geraldo Azevedo e Rogério Dornelles.

A diretora do Sintrajufe/RS Mara Weber afirma que é muito importante que todos e todas respondam ao questionário. Ela explica que a pesquisa vai ser o fundamento das reivindicações que o sindicato encaminhará não apenas em ní­vel estadual, mas junto í  Fenajufe, no Conselho Nacional de Justiça e no Conselho Nacional do Ministério Público, em relação í  questão de saúde fí­sica e mental e, ainda, sobre aporte dos recursos necessários para a realização do trabalho remoto e a responsabilização dos órgãos com o trabalho, mesmo que este seja exercido em casa .

O sindicato criou um e-mail exclusivo para responder a dúvidas sobre a pesquisa: [email protected].

Acesso AQUI o link para fazer a inscrição e receber o questionário.

Participe!