SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE

DESTAQUE

Outdoors da campanha contra a reforma administrativa são alvos de ataque criminoso

Ler conteúdo

No mês de outubro, o Sintrajufe/RS e outras entidades sindicais colocaram nas ruas de Porto Alegre e de diversas cidades do interior outdoors denunciando a reforma administrativa apresentada pelo governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Mas uma ação criminosa, ainda sem autores identificados, destruiu algumas peças na capital.

Os outdoors, espalhados por mais de 200 pontos em todo o Rio Grande do Sul, denunciam: a proposta do governo não é uma reforma, é o fim dos serviços públicos. Os cartazes trazem, ainda, os logotipos da Frente dos Servidores Públicos do RS (FSP), promotora da campanha, e das entidades sindicais que fazem parte da FSP, inclusive o Sintrajufe/RS. Trata-se de uma campanha unificada dos servidores e das servidoras federais, estaduais e municipais na luta contra a reforma.

O ataque aos outdoors é uma tentativa de intimidação e silenciamento das organizações sindicais e suas categorias que lutam pela manutenção dos serviços públicos. A preocupação com casos como esse não é nova: empresas que disponibilizam esse serviço de publicidade externa já demonstraram receio com cartazes que contenham a foto de Bolsonaro, pois a ação de vandalismo nesses casos inclui colocarem fogo nas estruturas ou até mesmo a derrubada por tratores, como relatado pelo interior do estado. No caso da atual campanha, nem a foto do presidente estava estampada, apenas a crítica à reforma administrativa.

Ainda nesta semana, as entidades que fazem parte da FSP irão se reunir e estudar medidas para identificação e punição dos responsáveis pelos ataques criminosos. Não bastasse a campanha de mentiras sobre a reforma administrativa que grande parte da mídia reproduz, agora a ação grupos ou indivíduos tenta impedir que a verdade sobre a reforma administrativa seja dita.

Esse caso demonstra o desafio que os trabalhadores e as trabalhadoras no serviço público têm pela frente. As ações de publicidade não serão suficientes para derrotar esta reforma. Além de outdoors e da ocupação de espaços em todas as mídias, é preciso seguir construindo a mobilização, como o Sintrajufe/RS tem feito convocando e participando de iniciativas como o debate com parlamentares e atos públicos.

O Sintrajufe/RS solicita que os e as colegas que virem outdoors da campanha vandalizados, em Porto Alegre ou no interior do estado, tirem fotos e as encaminhem para o e-mail imprensa@sintrajufe.org.br.