SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE E CUT

APOSENTADOS E APOSENTADAS

Na Quintativa de outubro, colegas tiveram contato com a poesia de Oliveira Silveira

Neste mês, a Quintativa do Núcleo de Aposentados, Aposentadas e Pensionistas do Sintrajufe/Rs (NAF) teve como programa uma visita à exposição “Oliveira Silveira: poeta, negro”, no Centro Cultura da Urfgs, em Porto Alegre (rua Eng. Luiz Englert, 333). A atividade ocorreu na tarde dessa quinta-feira, 26, e contou com a presença de colegas aposentados e aposentadas do Judiciário Federal.

A mostra apresenta uma expografia pensada a partir de poemas e, além das obras de Oliveira Silveira. Há também uma produção audiovisual inédita, em que pessoas de diferentes gerações, como a atriz Celina Alcântara, a escritora Taiasmin Ohnmacht, a cantora Pâmela Amaro e o artista Gabi Faryas leem poemas do autor e contam sobre sua relação com ele, mostrando que seu trabalho segue impactando a formação de novos artistas e escritores.

A curadoria da exposição, focada na obra escrita de Oliveira Silveira, é de Naiara Oliveira, filha do poeta; Sátira Machado, pesquisadora; Lígia Petrucci, diretora do Centro Cultural da Ufrgs; e Ronald Augusto, escritor e crítico, que também é oficineiro do Sintrajufe/RS.

Conforme resume Ronald, “as pessoas que visitarem a exposição vão se deparar com um conjunto de poemas diferente dos tradicionais que todos esperam. Encontrarão uma experiência estética provocativa, com concepções existenciais. Encontrarão um outro Oliveira, que é também o próprio Oliveira, um poeta múltiplo”.

Os e as colegas também participaram de uma visita guiada para conhecer as demais dependências do Centro Cultural da Ufrgs, localizado no antigo Instituto de Química da universidade, um prédio de três andares datado de 1926. O espaço foi reformado e adaptado para abrigar o Centro Cultural, inaugurado em 2018, com objetivo de receber exposições, oficinas, palestras e outros eventos culturais.

Colegas falam sobre a visita

A colega aposentada do TRF4 Ronete Esteves Elias conta que foi aluna de Oliveira Silveira. Ela lembra dele como “um professor apaixonado pelos seus ensinamentos de literatura” e “um poeta e visionário da causa racial, da importância da contribuição histórica dos saberes negros. Infelizmente, não reconhecido, como deveria, em seu tempo. Muitas vezes à margem do contexto tão ‘branco’”.

Também aposentada do TRF4 e coordenadora do NAF, a colega Lourdes Helena de Jesus da Rosa, conheceu pessoalmente Oliveira Silveira e afirma que é “importante essa exposição que resgata a história de um grande poeta que somente teve o seu reconhecimento depois de sua morte”.

Para Arlene Barcellos, diretora do Sintrajufe/RS e também coordenadora do Núcleo, “essas atividades culturais reforçam a importância da educação, da cultura e da arte, com profissionais, estudantes e instituições como a Ufrgs comprometidas em tirar da invisibilidade nossos artistas negros e colocá-los com a sua verdadeira importância histórica para a cultura do país”.

Encontro de Negros e Negras do Sintrajufe/RS

A presença negra, debates sobre temas como antirracismo, gênero, capacitismo, mundo do trabalho, sindicalismo, políticas públicas, sob a ótica da negritude, estarão presentes no 1º Encontro de Negros e Negras do Sintrajufe/RS, que acontece neste sábado, 28, a partir das 9h, na sede do sindicato. Veja AQUI a programação completa.

Dia 9/11 ocorre a próxima reunião do NAF

A próxima reunião ordinária do NAF será dia 9 de novembro, quinta-feira, das 15h às 17h, em formato híbrido. A parte presencial acontecerá na sede do Sintrajufe/RS (rua Marcílio Dias, 660, Menino Deus, Porto Alegre), e a virtual, pela plataforma Zoom. A pauta será informada nos meios de comunicação da entidade.