SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE E CUT

APRESENTAÇÃO DE DEMANDAS

Em reunião com ministro da Previdência Social, Fenajufe defende o fim da cobrança de inativos e outras pautas importantes para a categoria

Na última segunda-feira, 13, a Fenajufe e o Sisejufe/RS realizaram reunião com o ministro da Previdência Social, Carlos Lupi. A reunião tratou de diversas pautas importantes para a categoria e os sindicalistas entregaram ao ministro pareceres técnicos a respeito das diferentes questões abordadas na conversa.

Ao ministro, os dirigentes levaram questões antigas como a PEC 555/2006, que acaba com a cobrança de contribuição previdenciária sobre os proventos dos servidores públicos aposentados e pensionistas; a EC 103/2019, que trouxe uma série de modificações ao sistema previdenciário brasileiro como novas idades de aposentadoria, novo tempo mínimo de contribuição e regras de transição para quem já é segurado. Também apresentaram outros pontos de pauta, como o PLP 189/2021, que cria no INSS a unidade gestora única do Regime Próprio de Previdência Social dos servidores federais. Ainda, trataram de demandas específicas da categoria, Quintos/VPNI/GAE, NS, polícia judicial, entre outros.

Sobre os pontos apresentados referentes aos assuntos de aposentadorias, Carlos Lupi destacou que já solicitou, por meio de sua assessoria parlamentar, a criação de uma Frente Parlamentar em Defesa da Previdência Pública, para discutir todas as questões da pasta, que ficaram esquecidas durante o governo anterior.

Editado por Sintrajufe/RS; fonte: Fenajufe