SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE E CUT

PREMIAÇÃO

Jornalista e assessora do Sintrajufe/RS é premiada por curadoria de exposição com obras de artistas mulheres; mostra será apresentada em Gravataí

Foram homenageados na noite da última quarta-feira, 19, os projetos vencedores da 8ª edição do Prêmio Dana de Artes Visuais. Jornalista e assessora do Sintrajufe/RS, Rosane Vargas é uma das curadoras da exposição “Búfala: Agenciamento de corpas insubmissas”, premiada na categoria “Curadoria”.

A cerimônia aconteceu no Quiosque da Cultura, em Gravataí. Em sua 8ª edição, o Prêmio Dana é promovido pela Prefeitura de Gravataí, por meio da Secretaria Municipal de Governança, Comunicação e Cultura (SMGCC), e financiado pela empresa Dana, com o apoio da Sogil e do Colegiado Setorial de Artes Visuais do RS. Foram premiados projetos nas áreas de desenho, fotografia, arte digital e pintura, tendo como tema “Territórios Locais e Territórios Expandidos”.

“Búfala: Agenciamento de corpas insubmissas” foi apresentada, na Casa dos Rosa, em Canoas, de março a maio deste ano, com financiamento do Programa de Incentivo à Cultura (PIC 2022) e da Secretaria Municipal de Cultura de Canoas (RS). Agora, com a premiação, uma seleção das obras será exposta em Gravataí, no Quiosque da Cultura (Praça Eng. Leonel de Moura Brizola, Rua Anápio Gomes – Centro), de 24 de junho a 12 de julho.


A mostra conta com a participação de artistas residentes no Rio Grande do Sul que trazem, em seus trabalhos, olhares e questionamentos sobre o lugar das mulheres na sociedade brasileira. As artistas foram selecionadas a partir de edital público, com preocupação quanto à diversidade racial/étnica, de gênero e de regiões do estado. A orixá Iansã, Oyá, da mitologia Iorubá, e seu poder de transformar-se em uma Mulher Búfala, é o fio condutor. O projeto curatorial apresenta narrativas que auxiliam na reflexão sobre a insubmissão das mulheres ante o processo histórico e social de assujeitamento de seus corpos. O objetivo é fomentar a produção artística feminina e contribuir para a valorização da cultura local a partir do olhar das artistas e suas experiências.

A exposição tem curadoria de Izis Abreu, professora, historiadora da arte e mestra em Artes Visuais; Rosane Vargas, jornalista do Sintrajufe/RS, historiadora da arte, mestra e doutoranda em Artes Visuais; e Aisha Costa, historiadora da arte e mestranda em Artes Visuais.

Veja abaixo todos os projetos premiados:

Artistas premiados na categoria Territórios Locais:
1º lugar: Marlim Thomassim Medeiros
Projeto: Gravataí: fotografe antes que acabe
Exposição: de 06/11 a 28/11
2º lugar: Michelle Van dyke
Projeto: Esferografias… entre experiências e potências
Exposição: de 14/08 a 05/09
3º lugar: Magda Ferreira Gomes
Projeto: Construindo Afetos
Exposição: de 14/12 a 26/12
Artistas premiados na categoria Territórios Expandidos:
1º lugar: Renan Soares
Projeto: Cenários
Exposição: de 17/07 a 08/08
2º lugar: Adriana Granado
Projeto: Trilogia do Trabalho Subalternizado
Exposição: de 09/10 a 31/10
3º lugar: Venise Borges
Projeto: Retratos do Tempo “Olhares de ontem e hoje na Aldeia Fag Nhin”
Exposição: de 11/09 a 03/10
Exposição premiada pela categoria Curadoria:
Curadoras: Izis Abreu, Rosane Vargas e Aisha Costa
Projeto: Búffala: Agenciamento de corpas insubmissas
Exposição: 24/06 a 12/07

Fotos: Eduarda Luzia / Prefeitura de Gravataí