SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE

JUSTIÇA DO TRABALHO

Sintrajufe/RS solicita reunião com TRT4 para tratar da terceirização do sistema de consignados

Ler conteúdo

O Sintrajufe/RS solicitará o agendamento de reunião com a Direção-Geral do TRT para tratar da situação da terceirização do sistema de consignados para os servidores e as servidoras do tribunal. Os colegas da ativa, aposentados, aposentadas e pensionistas vêm enfrentando problemas para realizar empréstimos em alguns bancos por conta dessas instituições financeiras não terem firmado contrato com a empresa vencedora para a realização desse serviço, antes executado pelo próprio TRT4.

Todos os tribunais no RS possuem sistemas próprios para encaminhar empréstimos consignados dos servidores e servidoras. O TRT4, no entanto, no ano passado realizou um pregão abrindo licitação para transferir a gestão de todos os empréstimos consignados do tribunal para uma empresa terceirizada. A empresa Zetrasoft LTDA foi a vencedora, passando a responder pela “administração, gerenciamento e controle da margem consignável e consignações em folha de pagamento por meio de sistema informatizado a título oneroso”, conforme o contrato assinado em janeiro de 2021. Veja AQUI o contrato.,

Porém, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal não firmaram contrato com a empresa por entenderem que a mudança irá onerar muito as linhas de crédito – algo em torno de 600%. Assim, servidores e servidoras não estão conseguindo realizar empréstimos nesses bancos. Além disso, nos bancos com os quais a Zetrasoft possui convênio, são estabelecidas diversas barreiras (como de idade, por exemplo), para a concessão dos empréstimos consignados. Na prática, portanto, o contrato entre o TRT4 e a Zetrasoft está inviabilizando esse tipo de transação financeira tanto de ativos quanto de aposentados, aposentadas e pensionistas.

Por esse motivo, o Sintrajufe/RS está buscando reunião com a Direção-Geral do TRT4. O sindicato também encaminhou a demanda para avaliação da assessoria jurídica que atende a entidade.

FALE CONOSCO

Font Resize
Contraste