SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE

PLANO DE SAÚDE

Sintrajufe/RS reúne-se com TRT4 nesta quinta-feira para tratar de reajuste da Unimed e evitar prejuízo a servidores e servidoras

Ler conteúdo

Nesta quinta-feira, 2, o Sintrajufe/RS reúne-se com a presidente do TRT4, desembargadora Carmen Gonzalez, para tratar do reajuste de 23,44% no plano de assistência à saúde (Unimed). O reajuste será aplicado na folha de dezembro, retroativo a novembro, e vem preocupando a categoria, principalmente nas faixas a partir de 49 anos.

Em janeiro de 2022, o benefício de assistência médica e odontológica da Justiça do Trabalho, congelado desde 2015, será reajustado em 86,99%. Com isso, passará dos atuais R$ 224,00 para R$ 402,03 por beneficiário (servidores e servidoras, magistrados e magistradas ativos e aposentados e seus dependentes). No entanto, esse esperado “desafogo” já vai passar a vigorar absorvido pelo aumento do plano de saúde. Esse desencontro de valores e datas, se não for mudado, será um péssimo “presente” de final de ano, que ainda pode ser evitado.

A negociação do TRT4 com a Unimed, sem participação do sindicato (que havia, anteriormente, solicitado representação nessa discussão), prejudica uma parcela importante da categoria. Serão dois meses de pagamento de reajuste do plano ainda com os valores atuais do subsídio pesando no bolso da categoria, que está com o salário congelado, sofreu com o aumento de desconto previdenciário e tem seu poder de compra ser corroído pela inflação.

Os mais atingidos serão os colegas de 49 anos ou mais

A partir de um exemplo real, o sindicato fez o cálculo para mostrar a diferença entre os valores pagos atualmente na Unimed e como ficam com o reajuste de 23,4% em novembro e dezembro.

O exemplo é de um servidor ou servidora de 59 anos ou mais, com cônjuge de 59 anos ou mais e dependente de 24 a 28 anos. O total desembolsado com o plano de saúde, atualmente, com subsídio de R$ 224,00, é 1.356,99. Com o reajuste da Unimed e o mesmo valor de subsídio, o gasto é de R$ 1.780,09. Ou seja, serão gastos R$ 846,20 a mais, somando os meses de novembro e dezembro.