SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE

DESTAQUE

Sintrajufe/RS realiza visitação na Procuradoria da República no RS para verificar condições na retomada do trabalho presencial

Ler conteúdo

No dia 22 de outubro, o Sintrajufe/RS realizou vistoria na Procuradoria da República no RS para verificar as condições sanitárias e de proteção à saúde na retomada do trabalho presencial. A visita foi realizada pela direção do sindicato, juntamente com o médico Geraldo Azevedo, da assessoria de saúde da entidade, e com servidores do órgão. O mesmo tipo de ação já foi feito na Justiça Federal e no TRF4.

Conforme os colegas que acompanharam a visita, a ocupação normal do prédio é de cerca de 400 trabalhadores e trabalhadoras. No dia da visita, havia 26 servidores e servidoras e 14 trabalhadores terceirizados no local. Segundo informado, há escala com rodízio de servidores para evitar que as salas tenham aglomeração. Também estão colocados, na entrada do prédio, termômetro infravermelho digital e totem de álcool gel. Nos elevadores, estão afixados cartazes orientando que apenas uma pessoa os utilize de cada vez. Também há vários cartazes em diversos locais com orientações de prevenção da covid-19, além de telefone de contato do médico da Procuradoria para quem necessitar de orientações. Nos locais de atendimento ao público, foram colocadas proteções de acrílico nas mesas e nos balcões.

No térreo, há bom espaço e janelas nas salas, com previsão de entre um e três servidores, dependendo do setor. O sindicato orientou que as portas e as janelas sejam mantidas sempre abertas, para facilitar a circulação de ar. Há, ainda, também no térreo, outras salas que ficam no miolo do prédio e, por isso, não possuem janelas, incluindo a sala dos terceirizados, onde havia duas trabalhadoras no momento da visita – elas informaram que, na maior parte do tempo, não permanecem ali, mas, mesmo assim, o sindicato orientou que se evite o uso das salas onde não há janelas.

No local do restaurante, que não está funcionando, estão alocadas mesas com apenas uma cadeira, havendo amplo espaço, com boa limpeza e ventilação. O espaço está sendo utilizado pelos terceirizados. Nos banheiros, o sindicato identificou que os protocolos estão sendo seguidos, com exceção da ausência de cestos de lixo com tampa e acionamento por pedal – foi orientado que se providenciem esses equipamentos.

No segundo andar, onde fica o setor de transporte, estavam presentes dois trabalhadores em cada sala. A orientação do sindicato foi que portas e janelas da sala ao lado sejam mantidas sempre abertas. Nos demais andares e setores, foram encontrados poucos servidores e servidoras, amplo espaço e muitas janelas, todas abertas.

O diretor do Sintrajufe/RS Zé Oliveira e a diretora Cristina Viana participaram da visita representando a direção. Cristina afirmou que o melhor seria manter o trabalho de forma remota; de qualquer forma, “a situação encontrada representou a situação encontrada representou uma boa organização e há poucos servidores e servidoras no prédio, o que é um elemento muito importante”.

FALE CONOSCO

Font Resize
Contraste