SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE

REFORMA ADMINISTRATIVA

Sintrajufe/RS divulga cards denunciando deputados que votaram contra o serviço público

Ler conteúdo

Após diversas manobras do governo, a comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou nessa quinta-feira, 23, a reforma administrativa (PEC 32/2020), que agora segue para apreciação no plenário. Foram 28 votos para o governo e contra os serviços públicos, e 18 votos contra a PEC. Dentre os votos “sim” à reforma, os quatro deputados do Rio Grande do Sul titulares da comissão: Alceu Moreira (MDB), Giovani Cherini (PL), Marcel Van Hattem (Novo) e Marcelo Moraes (PTB).

Osmar Terra foi substituído às vésperas da votação e, quando ainda fazia parte dela, foi alvo de um protesto realizado por diversas entidades sindicais, inclusive o Sintrajufe/RS, na cidade de Osório, sua principal base eleitoral.

Também foi substituído na comissão o deputado André Janones (Avante-MG), que decidira-se pelo voto contrário à PEC e, após ser retirado da titularidade, gravou vídeo denunciando a manobra.

No plenário da Câmara dos Deputados, as dificuldades do governo prometem ser ainda maiores. Isso porque não poderá substituir deputados – fez ingressarem na comissão diversos deputados do Novo, por exemplo, que votaram contra os serviços públicos – e porque precisará alcançar o apoio de três quintos dos parlamentares – 308 votos. A luta contra a PEC, portanto, continua!

Durante toda a tramitação até aqui, o Sintrajufe/RS e as muitas outras entidades do serviço público, sindicatos e centrais sindicais, que vêm lutando contra a PEC, lançaram um aviso: quem votar contra os serviços públicos não pode voltar ao Congresso após as eleições marcadas para o ano que vem. A campanha também foi divulgada em outdoors em todo o estado e em inserções em emissoras de rádio.

Por isso, após esses quatro deputados votarem contra os trabalhadores, o Sintrajufe/RS está divulgando cards que denunciam seu posicionamento: “votou pelo fim dos concursos, pelo apadrinhamento de cabos eleitorais e a privatização da saúde e educação” é o texto que se destaca nos cards.

Veja abaixo os quatro cards, que também estão sendo divulgados nas redes sociais do sindicato, direcionados especialmente para as bases eleitorais desses deputados, e ajude a divulgar!




FALE CONOSCO

Font Resize
Contraste