SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE

JUSTIÇA DO TRABALHO

Plano de saúde no TRT4 é reajustado e preocupa a categoria

Ler conteúdo

Em e-mail enviado nessa quarta-feira, 17, a todos os servidores e servidoras da Justiça do Trabalho do Rio Grande do Sul, a Presidência do TRT4 comunicou que o plano de assistência à saúde (Unimed) terá reajuste de 23,44%, aplicado na folha de dezembro, retroativo a novembro. O Sintrajufe/RS solicitará audiência com a administração para tratar do assunto.

É importante lembrar que, em junho, o Conselho Nacional da Justiça do Trabalho (CSJT) anunciou que o benefício de assistência médica e odontológica, congelado desde 2015, será reajustado em 86,99% em janeiro de 2022. Com isso, passará dos atuais R$ 224,00 para R$ 402,03 por beneficiário (servidores e servidoras, magistrados e magistradas ativos e aposentados e seus dependentes). Portanto, serão dois meses de pagamento de reajuste do plano ainda com os valores atuais do subsídio pesando no bolso da categoria, que está com o salário congelado, sofreu com o aumento de desconto previdenciário e todos os dias vê seu poder de compra ser corroído pela inflação.

Na mensagem encaminhada, a Presidência do TRT4 informa que o IGP-DI, índice contratual para o reajuste da Unimed, foi de 33,35% até julho de 2021, data-base para aferição. No entanto, nos últimos doze meses, o índice ficou em 20,96%, ou seja, menos que os 23,44% do reajuste. O Sintrajufe/RS ressalta, ainda, que a categoria não tem reajuste salarial desde 2019, quando foram integralizadas as parcelas do último PCS. O reajuste do subsídio aprovado pelo CSJT, que poderia trazer algum desafogo, será “engolido” pelo aumento no valor do plano da Unimed, em especial para quem está na faixa acima dos 49 anos.

Colegas nas faixas etárias acima de 49 anos serão mais atingidos

O sindicato fez o cálculo, com um exemplo real, para mostrar a diferença entre os valores pagos atualmente na Unimed e como fica com o reajuste de 23,4% nos meses de novembro e dezembro. O exemplo é de um servidor ou servidora de 59 anos ou mais, com cônjuge de 59 anos ou mais e dependente de 24 a 28 anos.

Nesse caso, o total desembolsado com o plano de saúde, atualmente, com subsídio de R$ 224,00, é 1.356,99. Com o reajuste da Unimed e o mesmo valor de subsídio, o gasto é de R$ 1.780,09. Ou seja, serão gastos R$ 846,20 a mais, somando os meses de novembro e dezembro.

Sindicato não foi atendido no pedido para participar das negociações

Em 15 de janeiro de 2020, o Sintrajufe/RS reuniu-se com a desembargadora Carmen Izabel Centena Gonzalez, então recém-empossada na Presidência do TRT4. Na ocasião, a direção do sindicato solicitou participação no processo de negociação para a renovação do contrato com a Unimed. A presidente disse que iria buscar informações e que retomaria a conversa com o sindicato sobre o tema, o que não aconteceu.

O sindicato reforçará, junto à nova administração, a solicitação. Uma vez que servidores e servidoras são numericamente os mais afetados, as tratativas com a empresa Unimed precisam contar com a participação de representação da categoria e renegociação do contrato.