SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE

CARREIRA

Na próxima terça, 27, Sintrajufe/RS realiza Encontro Estadual sobre Carreira e Reposição Salarial; veja como participar

Ler conteúdo

Na próxima terça-feira, 27, às 19h, o Sintrajufe/RS promove o Encontro Estadual sobre Carreira e Reposição Salarial. Participarão como painelistas a assessora sindical e especialista em carreira pública Vera Miranda, e o presidente do Funpresp-Jud, ex-diretor-geral e ex-secretário de gestão de pessoas do STF, Amarildo Vieira.

A atividade acontecerá de modo online, pela plataforma Zoom. Não é necessária inscrição prévia. Para participar, basta ser sindicalizado ou sindicalizada ao Sintrajufe/RS.

O Encontro Estadual também elegerá cinco representantes e cinco observadores e observadoras para o Encontro Nacional de Carreira da Fenajufe, que ocorrerá no dia 7 de agosto.

Carreira está em discussão em fórum do CNJ

O Conselho Nacional de Justiça instalou o Fórum Permanente de Gestão da Carreira dos Servidores do Poder Judiciário da União em 2020, em atendimento a uma solicitação da Fenajufe.

Para aprofundar as discussões específicas, foi dividido em três grupos. O Grupo 1 debate estruturação de cargos, revisão de normas e Portarias conjuntas, desenvolvimento na carreira e qualidade de vida no trabalho; o Grupo 2, recomposição e questões salariais; e o Grupo 3, reenquadramento dos auxiliares e VPNI dos oficiais de justiça.

A Fenajufe participa dos grupos, encaminhando as reivindicações da categoria nas diversas áreas. As questões debatidas, os encaminhamentos e as perspectivas serão tema dos Encontros Estadual e Nacional.

Reposição salarial

A Fenajufe fez um estudo sobre recomposição salarial, o qual foi apresentado no Fórum Permanente. Tendo em vista a necessidade de observarem-se os prazos para viabilizar um reajuste imediato, foi calculada a inflação desde janeiro de 2019. Dessa forma, considerando e corrigindo a inflação do período, o documento indica um reajuste em 14,74% para recompor as perdas.

A Fenajufe defendeu esse reajuste imediato, em caráter emergencial, considerando o prazo exíguo da janela orçamentária em agosto e pontuou que a proposta do índice em 14,74% acontece em caráter emergencial devido às restrições da LDO, o que não significa abrir mão das perdas passadas.

FALE CONOSCO

Font Resize
Contraste