SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE

DESTAQUE

Fenajufe pede suspensão de pesquisa referente a força de trabalho da JE

Ler conteúdo

Em ofício protocolado junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Fenajufe requer suspensão da coleta de dados de pesquisa desenvolvida pela Universidade de Brasília UNB.

O ofício visa zelar pela saúde das trabalhadoras e dos trabalhadores que, neste momento de pandemia de covid-19, exige atenção e cuidados. De acordo com a federação, a continuidade da pesquisa sem o devido acesso aos sistemas de informação pode gerar distorção nas informações.

Além da prioridade com a saúde de servidoras e servidores, a medida busca transparência nos dados coletados pela pesquisa. Como a maioria dos servidores da Justiça Eleitoral se encontra em trabalho remoto, sem acesso à totalidade de ferramentas e programas disponibilizados pelos TREs, a Fenajufe entende que a pesquisa poderá ter prejuízo nos resultados.

A federação ressalta ainda que muitas unidades da Justiça Eleitoral têm endereço fixo dentro dos fóruns estaduais. Com o fechamento de algumas comarcas, o acesso está restrito, o que dificulta ainda mais a realização do trabalho dos servidores.

A pesquisa desenvolvida pela Universidade de Brasília tem como objetivo obter informações sobre o Dimensionamento da Força de Trabalho na Justiça Eleitoral. A Fenajufe solicita que a suspensão seja imediata e por tempo indeterminado, lembrando que o atendimento presencial nas unidades da Justiça Eleitoral também está com prazos suspensos por tempo indeterminado.

Fonte: Fenajufe