SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE

REFORMA ADMINISTRATIVA

Em ato público em Brasília, entidades pedem a suspensão da tramitação da PEC 32; petição com quase 150 mil assinaturas é entregue ao presidente da Câmara

Ler conteúdo

Várias entidades representativas do serviço público, como a Fenajufe, realizaram um ato público em frente o Anexo II da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, 9. O ato foi organizado pela Frente Parlamentar Mista do Serviço Público e por entidades sindicais e teve como objetivo pedir a suspensão da tramitação da PEC 32, de reforma administrativa.

O ato teve também a participação de parlamentares contrários à proposta que visa o fim do funcionalismo e a destruição dos serviços. O deputado Rogério Correa (PT-MG), um dos coordenadores da Frente Mista, reforçou a importância da unidade do povo para enfraquecer o governo e derrubar a PEC. Também estiveram presentes as deputadas Alice Portugal do (PCdoB-BA), Erika Kokay (PT-DF) e Fernanda Melchionna (Psol-RS) e o deputado Israel Batista (PV-DF).

A PEC 32 teve sua admissibilidade aprovada no dia 25 de maio na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara e, nesta quarta-feira, foi instalada a comissão especial que irá analisar a proposta. Pelo Rio Grande do Sul, foram indicados, até o momento, como titulares, os deputados Alceu Moreira (MDB), Marcelo Moraes (PTB) e Osmar Terra (MDB). Paulo Pimenta (PT) e Marcel van Hatten (Novo) são suplentes na comissão.

Diante desse avanço no andamento da proposta, intensificar a pressão contra a reforma torna-se urgente e necessário. A unidade das categorias, classe trabalhadora e sociedade civil neste momento é fundamental.

Petição com quase 150 mil assinaturas pede a suspensão da tramitação

Um abaixo-assinado com quase 150 mil assinaturas foi entregue, à tarde, para o presidente da Casa, deputado Arthur Lira (PP-AL). O documento pede a suspensão da tramitação da PEC 32/ durante o período que durar a pandemia e as restrições de atividades presenciais. Sem a participação de representações sociais nas dependências da Câmara dos Deputados, fica impossibilitada a necessária discussão tão necessária sobre o tema.

Sintrajufe/RS, ao lado das centrais, de sindicatos e movimentos populares, convoca para mobilização nacional dia 19

Também na luta contra a reforma, por vacina e auxílio emergencial e pelo fim do governo Bolsonaro, o Sintrajufe/RS chama todos e todas a participarem, no dia 19 de junho, da mobilização nacional convocada por centrais sindicais, sindicatos e movimentos populares. Em Porto Alegre, o protesto será às 15h, no Largo Glênio Peres, em frente ao Mercado Público. Participe!

Editado por Sintrajufe/RS; fonte: Fenajufe

Atualizado em 10/6/2021, às 14h20min.

FALE CONOSCO

Font Resize
Contraste