SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE

MAIS DE 1 MILHÃO

Defesa da Justiça do Trabalho é tema de novo vídeo da campanha em que Sintrajufe/RS denuncia ataques a direitos; o primeiro, contra PEC 32, já atingiu mais de 1 milhão de pessoas

O Sintrajufe/RS lança, nesta segunda-feira, 17, o segundo vídeo da nova campanha de denúncia contra ataques aos direitos de trabalhadores e trabalhadoras. Agora, o foco é a defesa da Justiça do Trabalho, cuja extinção está no radar de Jair Bolsonaro (PL), conforme ele afirmou em entrevistas. O primeiro vídeo, que chama a atenção para a intenção do governo de retomar a discussão da reforma administrativa no Congresso, já atingiu 1 milhão de pessoas nas redes sociais em apenas quatro dias.

A reforma trabalhista de 2017 retirou vários direitos, reduziu salários e precarizou o trabalho. Mas, para Bolsonaro, ela “foi bem-vinda”, e, para seus apoiadores, não foi suficiente. Federações empresariais têm divulgado apoio a Bolsonaro, vinculando a reeleição a ainda mais perdas para os trabalhadores e as trabalhadoras.

A Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), por exemplo, entregou a Bolsonaro uma proposta com 90 pontos para uma nova reforma trabalhista; entre eles, facilitação do trabalho domingos e feriados e novas regras – piores para as trabalhadoras – para o auxílio-maternidade.

A Justiça do Trabalho é a instância a que o trabalhador e a trabalhadora recorrem para proteger e garantir seus direitos, muitas vezes negados pelos empregadores. Por isso é tão atacada. Como mostra o vídeo do Sintrajufe/RS, Bolsonaro já disse, em entrevista, que questões trabalhistas têm que ir para a Justiça Comum e o trabalhador que perde uma ação “tem que pagar” sucumbência. Ele afirmou que “havendo clima”, poderia enviar ao Congresso projeto e “mandar pra frente” a extinção desse ramo do Judiciário. O vídeo conclui: “Queremos mais serviços públicos, salário e futuro!”.

Sobre a campanha

Com o mote “O Brasil não aguenta mais destruição e retrocesso”, a campanha é composta por vídeos que tratam de temas como defesa da Justiça do Trabalho e dos direitos trabalhistas, combate à reforma administrativa e luta por melhorias salariais para os trabalhadores e as trabalhadoras dos serviços públicos e do setor privado.

Acompanhe AQUI no Facebook e AQUI no Instagram.

Assista abaixo e compartilhe com seus amigos, colegas e familiares:

Dezenas de sindicatos no Brasil já estão participando da campanha

Para ampliar a divulgação dos materiais preparados pelo Sintrajufe/RS, o sindicato disponibilizou o vídeo para que outras entidades publiquem os vídeos em seus próprios meios de comunicação.

Até o momento, sindicatos do serviço público e da iniciativa privada estão fazendo a divulgação, e a tendência é que outras se incluam nesta rede em defesa dos direitos da classe trabalhadora.

Se você quer que o seu sindicato faça parte da campanha, faça contato pelo e-mail imprensa@sintrajufe.org.br.