SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - FUNDADO EM 28 DE NOVEMBRO DE 1998 - FILIADO À FENAJUFE

GOLPISMO IMPOPULAR

Apoio à democracia no Brasil chega ao maior nível histórico: 75% defendem que “democracia é sempre melhor” que outro sistema

Pesquisa Datafolha divulgada na última sexta-feira, 19, trouxe um dado importante em um contexto de ameaças golpistas emanadas pelo Palácio do Planalto. O levantamento mostrou que o apoio à democracia no Brasil chegou ao seu maior nível desde 1989, quando começou a ser medido.

A pesquisa perguntou sobre a melhor forma de governo: se a democracia é sempre a melhor opção, se tanto faz uma democracia ou uma ditadura, ou se em certas circunstâncias é melhor uma ditadura. O levantamento mostrou que 75% dos brasileiros acreditam que a democracia é sempre melhor do que qualquer outra forma de governo, contra 7% que acham que a ditadura é melhor em certas circunstâncias. Para 12%, tanto faz se o governo é uma democracia ou uma ditadura.

O índice de apoio à democracia “sempre” é o maior da série histórica; o de apoio à ditadura em certas circunstâncias, o menor. A pesquisa ouviu 5.744 pessoas em 281 municípios de 16 a 18 de agosto, com margem de erro de dois pontos para mais ou para menos.


Ovelha não é pra mato! Cada coisa deve estar em seu devido lugar

Nos últimos meses, Jair Bolsonaro (PL) vem subindo o tom em suas tentativas de desacreditar o sistema eleitoral e preparar uma tentativa de golpe para o caso de perder as eleições marcadas para outubro. Essas ameaças e ataques à democracia, ao sistema eleitoral e aos servidores e servidoras da Justiça Eleitoral – cuja honestidade e capacidade são colocadas em dúvida pelas declarações de Bolsonaro – não começaram agora, mas vêm se acirrando à medida em que se aproximam as eleições. Ao mesmo tempo, Bolsonaro e os militares buscam tutelar o processo eleitoral por meio de uma “apuração paralela”, sem precedentes na democracia brasileira.

Contra esses ataques e em defesa dos servidores e servidoras da Justiça Eleitoral, o Sintrajufe/RS lançou na primeira quinzena de agosto a campanha “Ovelha não é pra mato”. O mote refere-se a um ditado popular sobre a necessidade de que cada coisa deva estar no seu devido lugar. A campanha, com outdoors, publicações nas redes sociais e spot de rádio, alerta: “Quem cuida das eleições são os servidores e as servidoras da Justiça Eleitoral”. E completa: “O Brasil não aguenta mais nenhum golpe!”.